Email


Sei que há muita gente que consulta este blogue e utiliza os materiais aqui publicados, mas poucos deixam comentários e eu gostava mesmo de saber a vossa opinião... :-)

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Ficha de gramática- corrigida

O tempo não tem dado para publicar aqui as minhas apreciadas fichas, mas fiz um esforço e aqui está a última: são 30 perguntas de escolha múltipla de gramática (com a correção no final). Ideal para quem gosta de, em casa, reforçar o que sabe, mas também para os meus colegas aplicarem nas suas aulas. ;-) Bjinhos!!!!



terça-feira, 5 de novembro de 2013

Compreensão do oral: As aventuras de Tom Sawyer

Esta atividade pode ser levada a cabo numa aula de apoio ou quando se der o texto narrativo.
 
Primeiro os alunos veem o vídeo e só depois responderão às questões.


















*COMPREENSÃO DO ORAL*


Depois de veres o primeiro episódio d’ As aventuras de Tom Sawyer, responde às questões com frases completas:

1.     O que pensa Tom da escola?

1.1.          Como decide se deve ir à escola ou não?

2.     Porque discute a tia Polly com Tom durante o pequeno-almoço?

3.     Que tinha Tom no bolso?

4.     Já na escola, que faz Tom enquanto o professor escreve a tabuada no quadro?

5.     Porque decide Tom fugir da escola a meio da aula?

6.     Segundo Tom, ninguém gostava do seu amigo, Huckleberry Finn. Porquê?

7.     Para apanharem o javali, Tom e Huck trabalharam em equipa. Explica esta afirmação.

8.     Que castigo teve Tom por se escapulir da escola?

9.     Que acontecimento constituía uma festa na cidade de S. Petersburgo?

10.O que impressionou Tom no barco?

11.Como conseguiram os dois amigos fugir do barco?

12.No final do episódio, Tom mostra-se feliz por o verão estar a chegar. Qual era a razão?

 

 

Proposta de correcção


1.Tom detesta a escola e para ele é um sacrifício.
1.1.Para decidir, Tom lançava uma moeda ao ar.

2.Tia Polly discutiu com Tom por este ter tirado cubos de açúcar do açucareiro.
3.Tom tinha um morcego no bolso.
4.O Tom estava a desenhar a cara do professor.
5.Tom fugiu para ir ajudar o seu amigo Huck a caçar um javali.
6.Não gostavam do seu amigo porque ele era órfão e um vadio.
7.Eles trabalharam em equipa pois juntaram esforços para conseguir apanhar o javali.
8.Por ter fugido, Tom levou uns açoites.
9.O acontecimento era a chegada do barco a vapor.
10.Ele impressionou-se com a casa do leme.
11.Eles fugiram ao  saltar para o rio.


12.Ele está feliz porque o verão é uma época de aventuras.

 

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Mais um dos meus poemas dedicados às "confusões" da língua :-D

O PINTO AÉREO

Era uma vez um pinto,
Estudante, por sinal;
Estava sempre distraído,
Era aéreo, o animal.

Estava nas aulas pensativo
A sonhar com os intervalos.
Se a professora o chamava
Dizia:”Sim, gosto de cavalos!”.

Toda a turma ria, ria…
Sempre que o pinto abria a boca
Não dizia nada certo.
Mas que grande cabeça oca!

Chegou então o fim do ano,
Toda a turma estava vaidosa!
Todos, menos o pinto sonhador
Que levou para casa a raposa.

Foi aqui que começou
Uma grande confusão.
O pintainho chega a casa
Com as notas da escola na mão.

Eis que o pai sai alvoroçado
Do seu calmo galinheiro,
Corre a gritar espavorido,
Berra pelo quintal inteiro:

“Trouxe para casa a raposa!”
Diz ele com convicção.
“Mas que pinto preguiçoso,
O meu filho mandrião!”

As galinhas, que apanhavam,
Descansadas o milho do chão,
Desatam a correr desnorteadas.
Nunca vi tal aflição!

Pensavam que a raposa
Era o tal bicho matreiro
Que às vezes espreitava
Lá para dentro do terreiro.
(Lucinda Cunha)

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Memorial do Convento- retrato do Portugal setecentista

Trabalho realizado há mais de 10 anos sobre o romance de Saramago, Memorial do Convento. Assim sendo, não está de acordo com o Novo AO e as notas bibliográficas também estão ultrapassadas, mas foi um trabalho avaliado com 17 valores e que me deu muito trabalho a fazer. Espero que vos seja útil para a compreensão global da obra e da época na qual se insere.


terça-feira, 23 de abril de 2013

Brincar com a língua :-D


Neste Dia Mundial do Livro, aqui fica uma brincadeira sobre o campo semântico da palavra "macaco" e os seus variados usos.



Um animal bem divertido
que povoa a linguagem
é nosso parente afastado:
é o macaco selvagem!

Tanto se encontra no sótão,
a fazer o que ele quer,
como se tira do nariz!
Coisa feia de se ver!

Se alguém te vem chatear
e te deixa a cabeça em cacos,
há uma fácil solução:
mandá-lo pentear macacos!

Vejam só, que coisa espantosa!
Há macacos que são fatos!
São macacos que se  vestem
nos mais variados atos.

Quando acontece a pouca sorte
de termos um pneu furado,
só resolvemos a situação
se estiver na mala do carro.

Têm um planeta que é só seu,
onde são donos e senhores.
Não sei onde ele fica,
mas vou contigo, se tu fores.
(Lucinda Cunha- 23-04-2013)

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Soneto a um professor desempregado

Fica aqui a minha homenagem a todos os professores desempregados que sofrem por lhes estar a ser negada a sua razão de viver! Um poema em medida nova, para falar de um velho problema, mas cada vez mais presente. Querem acabar com o nosso sonho, mas nós não vamos deixar que se transforme em pesadelo!


Vem amor! Vem deitar-te aqui comigo!
Deixa todos os problemas lá fora
E para de sofrer. Agora é hora
De dormir e não pensar no castigo

Que é ser na vida um pobre sem abrigo,
Sem escola. O que é necessário agora
É olhar em frente e, sem mais demora,
Saberes que tens aqui um ombro amigo.

Bem vejo como são longos os meses
Que passas longe dos livros da escola.
Sacode a tristeza e verás! Por vezes

A esp'rança renasce antes de sumir.
Limpa as lágrimas, pega na viola,
Que destruir-te não vão conseguir!
Lucinda Cunha (17-04-2013)

Os Maias- teste formativo- educação portuguesa VS educação inglesa- com proposta de correção

quinta-feira, 28 de março de 2013

Ficha sobre funções sintáticas- corrigida.


Ficha funções-sintáticas-3 from Lucinda Cunha

Correção: não consegui carregar a correção no Slideshare, por isso aqui vai:

NOTA: IGNOREM A FRASE "A ATRIZ AMERICANA TELEFONOU-TE." PORQUE O CONSTITUINTE SUBLINHADO DESEMPENHA A FUNÇÃO DE COMPLEMENTO DO NOME, OU SEJA, NÃO CONSTA NA FICHA, MAS COMO JÁ ESTAVA DESCARREGADA NO SLIDESHARE FICA NA MESMA ;-)
A Mónica chegou de Inglaterra ontem à noite.- CO
A Mónica chegou de Inglaterra ontem à noite.- MGV
Infelizmente, amanhã tenho um compromisso.- MF
Infelizmente, amanhã tenho um compromisso.- MGV
Infelizmente, amanhã tenho um compromisso.- CD
Infelizmente, amanhã tenho um compromisso.-PRED
O assaltante foi apanhado por um desconhecido.-CAP
O dono da empresa nomeou o Miguel seu adjunto.- PCD
Salvou-se um homem do naufrágio.-SUJ
Quem muito fala pouco acerta.-SUJ
Pedi-lhe o carro emprestado.-CI
Os meus filhos ficaram em casa desta vez.-P SUJ
As pessoas que menos têm são, por vezes, felizes.- MOD. RES.
Alda, sai da frente se faz favor!- VOC
Conheces o meu professor de História?- PRED.
Viste o noticiário das oito?- CD
As empresas, que faliram, estão em dificuldades.- MOD APOS
Os clientes aperceberam-se do erro.- CO
O observatório espacial foi contactado por ET’s.- CAP
Percebes, Pedro, o que eu quero dizer?- VOC
A turma elegeu o Rui delegado.- PCD
Honestamente, acho esse facto é impossível!- MF
Ele respondeu-me sinceramente.- MGV
AtribuÍ funções importantes ao meu secretário.CI
A canção que passou agora na rádio é da Pink.-MOD RES
O processo está no armário.- P SUJ
Os chineses deleitaram-se com o nosso vinho!CO
A Marta, que é irmã da Rita, está com gripe.MOD APOS
D. Sebastião, antigo rei de Portugal, desapareceu. MOD APOS
Ela é chata! P SUJ
Talvez não chegue a tempo do jogo. MF
Nem a Rute nem o Zé podem vir visitar-nos. SUJ
Os livros foram destruídos pela inundação. CAP

O Luís chegou da Itália às tantas da madrugada. MGV
Na semana passada nevou imenso. PRED
Decidi aceitar o teu conselho. CD
Sem dúvida, merecíamos ganhar o jogo. MF
O cão foi atropelado, mãe! VOC
Gosto muito de ti! CO

sábado, 23 de março de 2013

terça-feira, 19 de março de 2013

25 perguntas de gramática de escolha múltipla de Português, secundário- com correção

Não percebo porque é que não consegui fazer o upload completo do documento no slideshare, de novo. As restantes questões e correção estão a seguir. Basta copiar e colar num documento word.
 
Sebastião teste-gramática from Lucinda Cunha




9.   O constituinte “Neto do Rei D. João III” (l. 6) desempenha a função sintática de
a)    modificador do grupo verbal.
b)    modificador de frase.
c)    modificador restritivo.
d)    modificador apositivo.

10.    No excerto “a mãe teve de o deixar aos 3 meses” (ll. 6-7), o verbo possui valor modal
a)    deôntico.
b)    expressivo.
c)    epistémico.
d)    apreciativo.

11. Qual é a função sintática desempenhada pela expressão sublinhada em “altura em que passou a expelir regularmente fluidos seminais (ll. 12-13)?
a)    Complemento direto.
b)    Sujeito.
c)    Complemento indireto.
d)    Complemento oblíquo.

12.    A conjunção “mas” (l. 14) introduz uma oração
a)    subordinada completiva.
b)    coordenada copulativa.
c)    coordenada adversativa.
d)    Subordinada adjetiva relativa restritiva.


13.  As palavras “Monarca” (l. 16) e “rapaz” (l. 19) permitem estabelecer a coesão textual por
a)    repetição. 
b)    pronominalização.
c)    substituição. 
d)    definitivação.

14. A palavra “padre” (l. 19) tem como antecedente
a)    Filipe II.
b)    Luís Gonçalves da Câmara.
c)    D. Henrique.
d)    D. João III.

15. Na frase “A cegueira, (…) , é uma das consequências possíveis da gonorreia.” (ll. 17-18), o constituinte sublinhado desempenha a função sintática de
a)    complemento indireto.
b)    predicativo do complemento direto.
c)    complemento direto.
d)    predicativo do sujeito.

16. O adjetivo “americano” (l. 24) é
a)    relacional.
b)    qualificativo.
c)    numeral.
d)    conectivo.

17.    A expressão “cronistas da época” (l. 27) desempenha a função sintática de
a)    complemento direto.
b)    complemento oblíquo.
c)    sujeito.
d)    complemento agente da passiva.

18.  “À noite”, (l. 28) desempenha a função sintática de modificador do grupo verbal com valor
a)    locativo.
b)    temporal.
c)    modal.
d)    espacial.


19. À noite, ia procurar parceiros numa mata em Sintra ou junto ao Tejo na margem sul, para onde se deslocava de barco com o seu pajem.” (ll. 28-29). Nesta frase existem quantas preposições?
a)    4 contraídas e 4 simples.
b)    2 contraídas e 5 simples.
c)    2 contraídas, 3 simples e 2 locuções prepositivas.
d)    2 contraídas, 2 simples e 2 locuções prepositivas.

20. O constituinte sublinhado em “E foi surpreendido uma vez por populares num bosque em Almeirim” (l. 30) desempenha a função sintática de
a)    complemento direto.
b)    complemento indireto.
c)    complemento oblíquo.
d)    complemento agente da passiva.

21. Na linha 31 deparamo-nos com uma oração subordinada
a)    temporal.
b)    adjetiva.
c)    concessiva.
d)    condicional.

22. Na expressão “o Rei contou-lhes que pensava tratar-se de um javali “ (ll. 31-32), “que” trata-se de
a)    uma conjunção subordinativa causal.
b)    uma conjunção completiva.
c)    um determinante relativo.
d)    um pronome relativo.

23. A palavra “só” (l. 32) é um advérbio
a)    de grau e quantidade.
b)    de frase.
c)    de inclusão e exclusão.
d)    de predicado.

24. O verbo “tratar-se”, presente na linha 32, quanto à subclasse é um verbo
a)    intransitivo.
b)    transitivo direto.
c)    copulativo.
d)    transitivo indireto.

25. O verbo “tratar-se” (l. 32) seleciona um
a)    complemento oblíquo.
b)    complemento direto.
c)    complemento indireto.
d)    complemento agente da passiva.

1-
2-
3-
4-
5-
6-
7-
8-
9-
10-
11-
12-
13-
14-
15-
16-
17-
18-
19-
20-
21-
22-
23-
24-
25-






BOM TRABALHO!!!                                                       A Professora: Lucinda Cunha





Proposta de correção

1- c
2- b
3- d
4- d
5-a
6-b
7-b
8-c
9-d
10-a
11- a
12- c
13- c
14- b
15- d
16-a
17-c
18-b
19-a
20-d
21- b
22-b
23- c
24- d
25- a