textosintegrais@gmail.com


Sei que há muita gente que consulta este blogue e utiliza os materiais aqui publicados, mas poucos deixam comentários e eu gostava mesmo de saber a vossa opinião... :-) textosintegrais@gmail.com

domingo, 1 de maio de 2011

Ficha sobre funções sintáticas (de acordo com o DT)

Mais uma ficha de trabalho feita a partir do conto "Desavença entre Céu e Terra" (para aceder a este conto basta ir à etiqueta "Contos do Mundo")- com correção no final

FICHA DE TRABALHO SOBRE FUNÇÕES SINTÁTICAS

Seleciona as alíneas corretas:

1.     No excerto “Conta-se que, no início do mundo, o Céu e a Terra viviam muito unidos. Eram como irmão e irmã.” Que tipos de sujeito encontras?
a.     Dois sujeitos simples e um composto.
b.     Um sujeito simples, outro composto e um nulo indeterminado.
c.     Um sujeito nulo indeterminado, um sujeito simples e um outro nulo subentendido.
d.    Um sujeito nulo indeterminado, um sujeito composto e um outro nulo subentendido.

2.   No enunciado “um dia aconteceu que, como acontece entre irmão e irmã”, os sujeitos são
a.     simples.
b.     compostos.
c.     nulos indeterminados.
d.    nulos expletivos.

3.   Na frase “Tanto os habitantes do Céu como os da Terra ficaram realmente apavorados.” O sujeito é
a.     simples.
b.     composto.
c.     nulo subentendido.
d.    nulo expletivo.

4.   No enunciado “Céu e Terra partilhavam amizades e tinham uma amiga comum: a Lua.”, encontramos
a.     dois complementos diretos.
b.     um complemento direto e um indireto.
c.     um complemento oblíquo e um complemento direto.
d.    um modificador apositivo e um complemento agente da passiva.

5.    Em “Esta era, assim, a preciosa conselheira especial de ambos.”, o excerto sublinhado desempenha a função sintática de
a.     complemento direto.
b.     complemento oblíquo.
c.     predicativo do sujeito.
d.    predicativo do complemento direto.

6.   Quantos predicados encontras em “O Céu, por sua vez, não podia ficar com as mãos inertes, sem nada fazer para se defender.”?
a.     Dois.
b.     Três.
c.     Quatro.
d.    Cinco.

7.    Em “a desavença acabou por degenerar numa luta aberta e num furioso combate”, que função sintática desempenha o excerto sublinhado?
a.     Complemento oblíquo.
b.     Complemento direto.
c.     Modificador do grupo verbal.
d.    Predicativo do sujeito.

8.   Que função desempenha a parte sublinhada em “A Terra, que tinha um caráter colérico, foi a primeira a agitar-se.”?
a.     Complemento direto.
b.     Vocativo.
c.     Complemento do nome.
d.    Modificador apositivo.

9.    No enunciado “Abanou-se tanto que fez crescer, sobre a sua superfície, rochedos cortantes e montanhas altíssimas”, que expressão desempenha a função de modificador do grupo verbal?
a.     “tanto que fez crescer”.
b.     “sobre a sua superfície”.
c.     “rochedos cortantes e montanhas altíssimas”
d.    Nenhuma das hipóteses anteriores.

10.                     Na frase “Foi então que surgiram as montanhas altas e rochosas, que atormentavam o Céu em vários pontos.” Temos
a.     dois complementos diretos.
b.     um complemento direto e um oblíquo.
c.     um complemento direto e um modificador apositivo.
d.    um modificador do grupo verbal e um complemento agente da passiva.

11.No enunciado “O Céu, por sua vez, não podia ficar com as mãos inertes, sem nada fazer para se defender.”, o adjetivo “inertes” desempenha a função de
a.      complemento direto.
b.      complemento do nome.
c.       modificador restritivo.
d.      modificador apositivo.

12.                      Na frase “Desta maneira defendeu-se e impediu as montanhas de o tocarem e o ferirem.” o verbo “impedir” seleciona obrigatoriamente dois complementos. Quais?
a.     Um complemento direto e um indireto.
b.     Um complemento direto e um predicativo do complemento direto.
c.     Um complemento direto e um oblíquo.
d.    Um complemento do nome e um oblíquo.

13.                      Na frase “Cheios de medo e não sabendo o que fazer, pediram à Lua para intervir.”, que função desempenha “à Lua”?
a.     Sujeito.
b.     Complemento direto.
c.     Complemento indireto.
d.    Complemento oblíquo.

14.                      Quantos complementos diretos detetas na frase “Os habitantes do Céu e da Terra choravam muito, misturando as suas lágrimas com as suas orações, e as lágrimas eram tantas que se transformavam em chuva, a chuva aumentou e transformou-se em rios, e os rios aumentaram o seu caudal e começaram a caminhar e a transformar-se em oceanos.”.
a.     Dois.
b.     Três.
c.     Quatro.
d.    Cinco.

15.                      Na mesma frase, “muito” desempenha a função de
a.     complemento oblíquo.
b.     modificador do grupo verbal.
c.     modificador de frase.
d.    complemento do nome.

16.                      Na frase “A Lua estava também muito preocupada com o que se passava e acedeu a fazer a mediação.” os complementos sublinhados são, segundo a ordem por que estão dispostos,
a.     predicativo do sujeito, complemento oblíquo e complemento direto.
b.     complemento direto, predicativo do complemento direto, complemento oblíquo.
c.     complemento do nome, complemento direto, complemento indireto.
d.    predicativo do sujeito, modificador da frase, complemento direto.

17.                      Que função desempenha o excerto sublinhado em “Foi por isso que as montanhas se recusaram a abaixar-se.”?
a.     Complemento direto.
b.     Complemento indireto.
c.     Modificador do grupo verbal.
d.    Complemento oblíquo.

18.                     Na frase “E ainda hoje lá continuam altivas a desafiar o Céu.”, o adjetivo exerce a função de
a.     Complemento do nome.
b.     Modificador restritivo.
c.     Modificador apositivo.
d.    Predicativo do sujeito.

19.                      Na frase “Primeiro, foi falar a sós com a Terra e, depois, com o Céu.” Que elementos desempenham a função sintática de predicado?
a.      “Primeiro foi falar”.
b.      “foi falar a sós”.
c.       “foi falar com a Terra e com o Céu”.
d.      “foi falar”.

20.                    Para terminar, identifica novamente o predicado, mas desta vez na frase “Tanto os habitantes do Céu como os da Terra ficaram realmente apavorados.”.
a.      “ficaram”.
b.      “ficaram realmente apavorados”.
c.       “ficaram apavorados”.
d.      Nenhuma das hipóteses está correta.

A professora: Lucinda Cunha

Correção (cada alínea vale 5 pontos)
1-d
2-d
3-b
4-a
5-c
6-b
7-a
8-d
9-b
10-a
11-b
12-c
13-c
14-a
15-b
16-a
17-d
18-d
19-c
20-c

8 comentários:

  1. porque que na ultima frase nao é nenhuma das hipoteses?

    ResponderEliminar
  2. De facto, por lapso, a resposta de questão 19 não é nenhuma das alíneas e na 20 é a alínea b. Peço desculpa, mas estas coisas acontecem e, muitas vezes, por causa da pressa. Na nº 19 a frase é toda ela predicado, até porque não tem nenhuma função sintática que não pertença ao predicado, a saber: sujeito, vocativo e modificador de frase.
    Quanto ao resto da ficha não fui verificar, mas se houver mais alguma falha, peço a vossa compreensão. :-) Bjinhos.

    ResponderEliminar
  3. Nao concordo com a opção correta da alinea 17, pois podemos perguntar «o que?» que e apergunta usada para se descobrir o C.D., pois se fosse para descobrir o C.I. teriamos de perguntar a «quem?» e este nao é o caso! pode esclarecer esta duvida pertinente?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na correção eu dou como a opção correta a hipótese, d) complemento oblíquo, uma vez que o verbo "recusar-se" seleciona um grupo preposicional, neste caso iniciado pela preposição "a", tal como "agradar a" alguém, por exemplo. Daí ser um complemento oblíquo. Não poderá ser nem complemento direto nem indireto, pois o constituinte sublinhado não pode ser substituído por um pronome pessoal, neste caso "o" ou "lhe".
      Não quer isto dizer que eu não tenha dúvidas ou não cometas erros, até porque eu sou humilde o suficiente para saber que me engano e é por isso que tento aperfeiçoar-me todos os dias.
      Espero ter esclarecido as suas dúvidas.
      Volte sempre e obrigada pela visita! :-)

      Eliminar
    2. Boa tarde. Em primeiro lugar, os meus parabéns por este trabalho fantástico! Gostaria de saber se seria possível o esclarecimento de TRÊS dúvidas:
      a) Na questão 2, "aconteceu" e "acontece" não são sujeitos nulos expletivos? (na correção surgem como indeterminados...);
      b) Na questão 6, apenas consigo encontrar três predicados (na correção, a resposta correta é quatro...);
      c) Na questão 10, na frase apresentada, apenas encontro como complemento direto "as montanhas altas e rochosas"... Será a alínea c) e não a a) a resposta correta?

      Aguardo resposta a estas questões.

      Muito obrigada pela atenção! :)

      Eliminar
  4. Olá, boa noite. De facto você tem razão em duas das suas dúvidas. Por lapso, por distração, por pressa... detesto quando estas falhas acontecem.
    Então é assim: tem razão quanto às duas primeiras dúvidas- vou já efetuar a correção; quanto à terceira,na frase
    “Foi então que surgiram as montanhas altas e rochosas, que atormentavam o Céu em vários pontos.” Temos um complemento direto ("o Céu") e um modificador apositivo ("que atormentavam o Céu em vários pontos"). Isto é, o CD está dentro do mod. apositivo. "as montanhas altas e rochosas" desempenha a função sintática de sujeito do verbo "surgiram" apesar de vir posposto a este.
    Agradeço as suas palavras e peço a compreensão de todos. Estas fichas levam imenso tempo a fazer e depois de lidas e relidas às vezes ainda há falhas.
    Volte sempre:-)

    ResponderEliminar
  5. Boa noite. Na questão 2, não deveriam ser, realmente, sujeitos indeterminados? O verbo "aconteceu" não me parece ser impessoal, sendo-me possível imaginar exemplos em que, ligados a este verbo, surge um sujeito simples. Para além disso, é possível, na frase em questão, introduzir perífrases que podem agir como sujeito. Exemplo: "um dia algo aconteceu" O que aconteceu? Algo.
    Agradecia um esclarecimento, se possível.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é a primeira vez que eu me engano porque, ao contrário de muita gente, não sou perfeita. Já referi várias vezes nos comentários que leio e releio e há sempre alguma coisa que passa. Já agora, espero que esta resposta não tenha apagado o valor de todo o trabalho gratuito que faço (não recebo NADA com este blogue). Passe bem.

      Eliminar