textosintegrais@gmail.com


Sei que há muita gente que consulta este blogue e utiliza os materiais aqui publicados, mas poucos deixam comentários e eu gostava mesmo de saber a vossa opinião... :-) textosintegrais@gmail.com

terça-feira, 17 de maio de 2011

Teste sobre frase complexa- coordenação e subordinação

TESTE DE VERIFICAÇÃO DE CONHECIMENTOS DE ESCOLHA MÚLTIPLA SOBRE A FRASE COMPLEXA
***COORDENAÇÃO E SUBORDINAÇÃO***
(correção está no final; cada alínea vale 4 pontos)
ðResponde às questões, selecionando a opção correta (com um círculo):
1.    Atenta nas frases que se seguem. Em que alínea encontras uma frase simples?
a.    Tenho pena que não possas comparecer.
b.    A chuva começou a cair de amanhã.
c.    Além de não ter estudado para o teste, ele ainda protestou com o professor.
d.    Sempre que como chocolate fico cheia de borbulhas!
2.    Assinala a alínea onde encontras uma frase complexa.
a.    Sou teimosa e não me importo!
b.    Vou sair de casa!
c.    Tenho pena dos animais abandonados.
d.    A neve caía levemente sobre os telhados solitários.
3.    Em qual das frases que se seguem encontras uma oração coordenada?
a.    Quando chegares, avisa.
b.    Nem tenho carro, nem ando de motorizada.
c.    Se fosses uma boa pessoa não me fazias isso!
d.    Mesmo que me implores, não vou mudar de ideia.
4.    Em qual das frases que se seguem encontras uma oração subordinada?
a.    Não só falo inglês, como também sei alguma coisa de italiano.
b.    O João magoou-se pois bateu com o martelo no dedo.
c.    Embora conheça bem a matéria, tenho algumas dúvidas.
d.    Gosto dela, mas às vezes farto-me!
5.    Qual das orações referida em baixo é coordenada?
a.    Temporal.
b.    Disjuntiva.
c.    Concessiva.
d.    Comparativa.
6.    Qual das orações referida em baixo é subordinada?
a.    Copulativa.
b.    Explicativa.
c.    Conclusiva.
d.    Comparativa.
7.    Na frase “Gosto dela, mas às vezes farto-me!” oração sublinhada é
a.    subordinada adjetiva restritiva.
b.    coordenada completiva.
c.    subordinada adverbial causal.
d.    coordenada adversativa.
8.    Na frase “Mal acordo, espreguiço-me!”, a oração sublinhada é
a.    subordinada adverbial temporal.
b.    subordinada adverbial causal.
c.    subordinada adverbial comparativa.
d.    subordinada adverbial consecutiva.
9.    A oração sublinhada em “Vou ter a tua casa, a não ser que acabe tarde.” é
a.    subordinada adverbial consecutiva.
b.    subordinada adverbial concessiva.
c.    subordinada adverbial condicional.
d.    subordinada adverbial causal.
10. A oração sublinhada na frase “O João, quando o telefone tocou, deu um salto.” é
a.    subordinante.
b.    subordinada adjetiva explicativa.
c.    subordinada adjetiva completiva.
d.    subordinada copulativa.
11. Em que alínea a conjunção “que” introduz uma oração subordinada causal?
a.    Ela é tão bonita que todos olham para ela.
b.    Mesmo que chegues tarde, vou ficar à tua espera.
c.    Ela disse que tu estavas mal vestida!
d.    Vem comigo, que preciso de ajuda!
12. De entre as frases que se seguem, em que alínea a conjunção “como” introduz uma oração causal?
a.    Ela fala como se mandasse!
b.    Como chegaste tarde, não esperamos para jantar.
c.    O Pedro é alto como (é) uma torre!
d.    A minha mãe cozinha como se fosse um chef de culinária.
13. De entre as frases que se seguem, em que alínea o “como” introduz uma oração subordinada adverbial comparativa?
a.    Como está a chover, vou levar gabardina.
b.    Como o Manuel teve um acidente, vou visitá-lo ao hospital.
c.    Ela era esguia e elegante como (é) uma serpente.
d.    Como me pediste ajuda, aqui tens os meus apontamentos da aula.
14. Das frases que se seguem, em que alínea a conjunção “que” não introduz uma oração subordinada substantiva completiva?
a.    A Marta disse que ia ter ao restaurante.
b.    É lamentável que tenhas dito tanto disparate!
c.    Choveu tanto que me molhei toda!
d.    Penso que tens razão.
15. Em que alínea encontras uma oração subordinada substantiva completiva?
a.    Ela é bonita, mas às vezes é tão antipática!...
b.    Se ganhasse o totoloto, ia de férias!
c.    Apesar de a professora explicar bem a matéria, fiquei com algumas dúvidas.
d.    Perguntei-lhe se queria ir connosco ao cinema.
16. Refere qual é a oração subordinante na frase “A Margarida, como era a irmã mais velha, tomava conta dos dois irmãos mais novos.”
a.    “A Margarida, como era a irmã mais velha”
b.    “A Margarida tomava conta dos dois irmãos mais novos”
c.    “como era a irmã mais velha”
d.    “tomava conta dos dois irmãos mais novos”
17. Qual é o antecedente de “onde” na frase seguinte: “No palácio existia um quarto riquíssimo, cheio de móveis antigos, cortinados caríssimos e uma cama de dossel, onde o rei e a rainha se encontravam.”?
a.    “móveis antigos”
b.    “palácio”
c.    “cama de dossel”
d.    “quarto riquíssimo”
18. Classifica a oração sublinhada na frase “Os alunos que terminaram a prova esperaram pelo final do tempo estabelecido.”
a.    Oração subordinada adjetiva relativa restritiva.
b.    Oração subordinada adjetiva relativa explicativa.
c.    Oração subordinada substantiva completiva.
d.    Oração subordinada substantiva relativa sem antecedente.
19. Classifica a oração sublinhada na frase “O homem, que olhava para ela insistentemente, tinha mau aspeto.”
a.    Oração subordinada adverbial causal.
b.    Oração subordinada substantiva relativa sem antecedente.
c.    Oração subordinada adjetiva relativa explicativa.
d.    Oração coordenada conclusiva.
20.  Refere qual é a função sintática da oração substantiva relativa sem antecedente (que está sublinhada na frase seguinte)- “Quem muito fala pouco acerta!”?
a.    Complemento direto.
b.    Complemento indireto.
c.    Modificador da frase.
d.    Sujeito.
21. Refere qual é a função sintática da oração substantiva relativa sem antecedente (que está sublinhada na frase seguinte)- “Só pagas quanto gastares.”
a.    Sujeito.
b.    Complemento direto.
c.    Complemento indireto.
d.    Complemento oblíquo.
22. Refere qual é a função sintática da oração substantiva relativa sem antecedente (que está sublinhada na frase seguinte)- “Entrego os papéis a quem tu quiseres.”
a.    Sujeito.
b.    Complemento direto.
c.    Complemento indireto.
d.    Complemento agente da passiva.
23. Que modo verbal é pedido por locuções conjuntivas como “mesmo que” e “a não ser que”?
a.    Conjuntivo.
b.    Indicativo.
c.    Imperativo.
d.    Condicional.
24. Na frase “Cão que ladra não morde.”, qual é a oração subordinante?
a.    “Cão que ladra”
b.    “não morde”
c.    “que ladra”
d.    “Cão não morde”
25. Na frase “O pai do aluno que reprovou foi à escola protestar.” qual é a oração subordinada?
a.    “O pai do aluno”
b.    “que reprovou”
c.    “foi à escola”
d.    “protestar”

BOM TRABALHO!!!

A professora: Lucinda Cunha

Correção dos exercícios:
b,a,b,c,b,d,d,a,c,a,d,b,c,c,d,b,d,a,c,d,b,c,a,d,b

10 comentários:

  1. Bem haja pela iniciativa e por todo o trabalho aqui apresentado. Considero o blog muito bem organizado e de fácil consulta tendo ainda a enorme vantagem de apresentar as soluções dos exercícios (que julgo ser uma falha da maioria dos blogs deste género). É útil para professores e alunos. Serei uma utilizadora assídua. Obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Você entendeu bem por que motivo decidi criar este blogue. A ideia foi mesmo ajudar todas a gente: alunos, professores e pais, claro. Existem muitas páginas deste género na net, mas muito poucas com soluções e sem estas os alunos não poderão realizar um trabalho autónomo eficiente. Bom ano ;-)

      Eliminar
  2. Este Blog é excecional! Gostei muito desta ficha de trabalho! Tanto, tanto que já a dei aos meus alunos. Muito obrigada pela partilha!

    ResponderEliminar
  3. Bom dia, surgiu-me uma dúvida enquanto estava a fazer estes exercícios e gostava de esclarecer: na pergunta 21 porquê que a resposta certa não é complemento obliquo em vez de complemento directo?

    Beijinho e obrigada por estes exercícios! *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na frase "Só pagas quanto gastares." pode-se substituir o constituinte sublinhado (quanto gastares) pelo pronome "isso" (Só pagas isso.). Daí ser um complemento direto e não oblíquo, já que este último não pode ser substituído por um pronome.

      Eliminar
  4. Obrigada por disponibilizar este teste!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Volte sempre, Carolynna!!! Bom fim de semana.;-)

      Eliminar