Email


Sei que há muita gente que consulta este blogue e utiliza os materiais aqui publicados, mas poucos deixam comentários e eu gostava mesmo de saber a vossa opinião... :-)

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Teste de 8º ano


I

Compreensão do oral

 

Ouve atentamente o conto tradicional “A noiva do corvo de Teófilo Braga. De seguida escolhe a alínea que completa corretamente cada uma das afirmações (20 pontos):



1. Havia, numa terra, um corvo que queria casar. À primeira rapariga que recusou o seu pedido, o corvo
a. prometeu vingar-se. ____
b. arrancou-lhe um pedaço do braço. ____
c. arrancou-lhe os olhos. ____
d. bicou-lhe as orelhas até sangrarem. ____
 
2. Com medo, uma rapariga aceitou casar-se com o corvo. A vizinha aconselhou-a a
a. chamuscar-lhe as penas. ____
b. arrancar-lhe algumas penas quando adormecesse.____
c. deitar-lhe veneno na comida. ____
d. contratar um bandido para o matar.____
 
3. A vizinha achava que, assim,
a. o corvo não magoaria mais a esposa. ____
b. lhe quebraria o feitiço. ____
c. dessa maneira ficaria com a magia do corvo.____
d. o corvo morreria.____
 
4. Ao fazer o que a vizinha lhe aconselhou, a rapariga
a. ficou sem os olhos. ____
b. recebeu a magia do marido. ____
c. enfraqueceu o corvo. ____
d. dobrou o encantamento do corvo.___
5. O corvo pediu à mulher que chamasse os pássaros para
a. lhe darem as suas penas. ____
b. chorarem no seu funeral. ____
c. adorarem o seu rei. _____
d. o levarem até ao paraíso. ____
 
6. Logo de seguida, o corvo
a. morreu. ____
b. ficou transformado em pó. ____
c. bateu as asas e desapareceu. ____
d. foi levado pelo demónio. ____
 
7. Antes de desaparecer, o corvo disse à mulher que, para o tornar a ver, teria de
a. dançar durante sete semanas. ____
b. romper uns sapatos de ferro. ____
c. fazer um pacto com o diabo. ____
d. mandar rezar uma missa pela sua alma. ____
 
8. Ao perguntar a um velho se tinha visto um pássaro, aquele disse-lhe que
a. não tinha visto nenhum. ____
b. só tinha visto rolas e pombas. ____
c. naquela zona não havia pássaros. ____
d. vira muitos na fonte Madrepérola. ____
 
 

9. Um corvo que encontrou disse-lhe para entrar numa casa ao pé de uma fonte e para

a. matar o velho que a guardava e quebrar as gaiolas que ele tinha.____

b. procurar aí o seu marido. ____

c. esperar aí o rei dos pássaros. ____

d. bater à porta. _____

 

10. Ao fazer o que o corvo mandou, a rapariga descobriu que o seu marido era

a. um feiticeiro.

b. um belo rapaz.

c. o rei.

d. um duende encantado. ____

 

 

II- Leitura

 

1.    Analisa o anúncio publicitário e identifica (5 pontos):

 

a)    a entidade promotora;

b)    o produto;

c)    o slogan;

d)    o público-alvo;

e)    o tipo de publicidade.


2.    Lê a banda desenhada e responde às questões com respostas completas e bem estruturadas:

 

2.1.        Na tua opinião, com quem estará a falar o Calvin? Justifica a tua resposta (4 pontos). 

2.2.        Justifica o tipo de letra usada no primeiro balão (3 pontos). 

2.3.        Caracteriza o Calvin, tendo por base a situação presenciada nesta banda desenhada (10 pontos)?


3.    Completa as frases relacionadas com a obra Mar me quer (4 pontos):

a)    A obra Mar me quer foi escrita por ______________________________.

b)    O protagonista da história é também o seu_____________________.

c)    O protagonista chama-se _________________________.

d)    A mãe de D. Luarmina meteu-a num colégio de freiras por ela ser muito ___________________ .

e)    Fisicamente, Luarmina era muito ______________________.

f)     O pai do narrador, Agualberto, ganhava a vida a ________________________________.

g)    Agualberto disse ao filho que ele morreria ______________________________________.

h)    No fim, D. Luarmina desvenda o seu segredo ao vizinho, isto é, ________________________.

 

III- Gramática

1.    Identifica os advérbios presentes nos enunciados que se seguem (3 pontos):

 

a)    Calvin, fizeste os deveres, certamente!

b)    Sim, senhora professora, fi-los todos ontem, antes do jantar.

c)    Gostei muito de ouvir essa notícia tão boa!
 

2.    Divide e classifica as orações presentes nas frases que se seguem (6 pontos):


a)    Como não sabe do casaco, o Calvin está chateado.

b)    Quando encontrar o casaco, vai ficar aliviado.

c)    Se não encontrar o seu casaco preferido, o Calvin terá de usar outro.

 

3.    Identifica os processos de formação das palavras presentes no quadro (coloca um X no espaço correspondente ao processo em causa) (5 pontos):

 
Palavras
Processos de formação das palavras
Derivação
Composição
Prefixação
Sufixação
Parassíntese
Morfológica
Morfossintática
estrela-do-mar
 
 
 
 
 
cedinho
 
 
 
 
 
contentamento
 
 
 
 
 
encurtar
 
 
 
 
 
guarda-civil
 
 
 
 
 
automóvel
 
 
 
 
 
lusodescendente
 
 
 
 
 
peixe-espada
 
 
 
 
 
apadrinhar
 
 
 
 
 
imoral
 
 
 
 
 

 


4.    Identifica o vocativo nas frases que se seguem (2 pontos):

a)    Mãe, onde está o meu casaco?

b)    O casaco, Calvin, está no armário.

c)    Chega aqui, filho!

d)    Mas que chatice, Miguel…

 

5.    Indica se as frases que se seguem estão na voz ativa ou na passiva (2 pontos):

 

a)    O Calvin procura o casaco todas as manhãs.

b)    O Calvin ama o seu tigre.

c)    O casaco foi comprado no centro comercial.

d)    A mãe do Calvin será operada pelos médicos.

 

5.1.        Em qual destas frases está explícito o complemento agente da passiva (1 ponto)?

 

5.2.        Transforma as frases que estão na voz ativa e coloca-as na passiva e vice-versa (4 pontos).

 

IV- Produção escrita (o cartoon não é o mesmo, mas a ideia é similar)

 

1.    Escreve um texto de opinião, de 100 a 150 palavras, onde comentes o cartoon, apresentes o teu ponto de vista sobre a mensagem que o cartoonista pretendeu transmitir e reflitas sobre o papel que cada um de nós terá de desempenhar na poupança da água (27 pontos).
 
Proposta de correção:
Grupo I-1.c; 2.a; 3.b; 4.d; 5.a; 6.c; 7.b; 8.d; 9.a; 10.c
A Noiva do Corvo
Havia numa terra uma mulher, que tinha em sua companhia um corvo. Defronte dela moravam três raparigas muito lindas. Como o corvo queria casar, mandou falar à mais velha; respondeu-lhe que não, e o corvo, raivoso, arrancou-lhe os olhos. Sucedeu o mesmo com a segunda, até que a terceira sempre se sujeitou a casar com o corvo.
Tempos depois de já viverem na sua casa, a rapariga falou a uma vizinha no seu desgosto de estar casada com um corvo; a vizinha aconselhou-lhe que lhe chamuscasse as penas, porque podia ser obra de encantamento, e assim se quebraria. Quando à noite se foram os dois deitar, a rapariga chegou a candeia às penas do corvo; ele acordou logo, dando um grande berro:
- Ai, que me dobraste o encantamento! Se me queres salvar, vai pôr-te àquela janela, e todos os pássaros que vires, chama-os e pede-lhes assim: «Venham, passarinhos, venham despir-se para vestir el-rei que está nu.» De facto os passarinhos começaram a vir poisar na janela, e cada um deixava cair uma pena com que o corvo se foi cobrindo. Depois que ficou outra vez emplumado, o corvo bateu as asas e desapareceu, dizendo para a mulher: «Agora se me quiseres tornar a ver sapatos de ferro hás-de romper.»
A pobre rapariga ficou sozinha toda aquela noite, e logo que amanheceu foi comprar uns sapatos de ferro e meteu-se a correr o mundo. Tinha os sapatos quase estragados de andar, quando encontrou um velho e lhe perguntou se não tinha visto um pássaro. O velho respondeu:
- Eu venho da fonte da Madrepérola, onde estavam bastantes.
Ela continuou o seu caminho, e antes de chegar à fonte ali encontrou um corvo que lhe disse:
_ Olha, se quiseres salvar o rei, vai à fonte, onde estará uma lavadeira a lavar um vestido de penas, tira-lho e lava-o tu. Ao pé da fonte está uma casa, e um velho que a guarda; entra aí, mata o velho para poderes quebrar todas as gaiolas e dar a liberdade aos pássaros que ele tem lá presos.
A rapariga chegou à fonte, e fez como o corvo lhe tinha dito: lavou o vestido de penas, e depois entrou na casa onde estava o velho, fingiu que via vir pelo mar uma linda embarcação; o velho chegou-se à janela e a rapariga pegou-lhe pelas pernas e deitou-o ao mar. Depois quebrou todas as gaiolas e os pássaros em liberdade tornaram-se príncipes que estavam encantados, e entre eles estava o seu marido, que era o rei e lhes pôs obrigação de a servirem toda a vida.
Grupo II
1.    a. Brahma
b. cerveja (sem álcool)
c. Se for dirigir não beba. Se beber, beba Brahma.
d. população adulta
e. comercial
2.     
2.1. Muito provavelmente, o Calvin estará a falar com a mãe, já que é ela que costuma saber onde está tudo em casa.
2.2. No primeiro balão, a letra é maior e está mais carregada para traduzir a fala em voz alta.
2.3. Percebe-se, pela situação presenciada, que o Calvin é um menino resmungão, desorganizado e que não assume as suas falhas, já que a obrigação de arrumar o casaco era apenas sua.
2.4. Na quarta vinheta, o Calvin mostra-se muito aborrecido por ir encontrar o casaco no armário que, pelos vistos, era o sítio mais improvável onde deveria estar.
2.5. a) balão de fala coletiva; b) balão de fala; c) balão de pensamento; d) balão de voz alta; e) balão de injúrias ou palavrões
3.  Mia Couto; narrador; Zeca Perpétuo; bonita; gorda; abençoar os anzóis; afogado nos lençóis; ela era a amante do pai que caiu ao mar.
Grupo III
1. a) certamente; b) Sim, ontem, antes; c) muito, tão
2.
a)    Como não sabe do casaco- oração subordinada adverbial causal
o Calvin está chateado.- oração subordinante
b)    Quando encontrar o casaco- oração subordinada adverbial temporal
vai ficar aliviado.- oração subordinante
c)    Se não encontrar o seu casaco preferido- oração subordinada adverbial condicional
o Calvin terá de usar outro.- oração subordinante
3. estrela-do-mar, guarda civil, peixe-espada- composição morfossintática
cedinho, contentamento- sufixação
encurtar, apadrinhar- parassíntese
automóvel, lusodescendente- composição morfológica
imoral- prefixação
4. Mãe, onde está o meu casaco?
O casaco, Calvin, está no armário.
Chega aqui, filho!
Mas que chatice, Miguel…
 
5.
a)    O Calvin procura o casaco todas as manhãs. (ativa)
b)    O Calvin ama o seu tigre. (ativa)
c)    O casaco foi comprado no centro comercial.  (passiva)
d)    A mãe do Calvin será operada pelos médicos. (passiva)
 
5.1. d
5.2. Todas as manhãs, o casaco é procurado pelo Calvin.
O tigre é amado pelo Calvin.
Compraram o casaco no centro comercial.
Os médicos operarão a mãe do Calvin
Grupo IV- Resposta aberta

Sem comentários:

Enviar um comentário